Category: Blog Nanotech

Sustentabilidade para pequenas empresas

Ter uma empresa sustentável está cada vez mais em alta e une os benefícios para o meio ambiente com a economia gerada e boa publicidade. Neste texto, trazemos uma explicação maior do conceito e formas de utilizar a sustentabilidade para pequenas empresas.

O conceito de sustentabilidade

Sustentabilidade se trata da capacidade de desenvolvimento que cumpre com as necessidades atuais, sem comprometer o futuro. Dessa forma, visa utilizar recursos com consciência e equilíbrio ao meio ambiente, sem esgotá-los para as próximas gerações que virão.

Esse conceito parece desafiador, levando em consideração todos os avanços tecnológicos e o consumo desenfreado da sociedade. Exige-se cada vez mais dos recursos naturais que são finitos e o planeta se desgasta.

Porém, com as empresas e sociedade se conscientizando e mudando suas formas de produção e consumo, estamos no caminho certo.

O foco na sustentabilidade para pequenas empresas

Muitas empresas já investem em agir de forma sustentável. Além dos benefícios gerados ao meio ambiente, pesquisas mostram que no Brasil, quase 80% dos consumidores preferem por marcas de se posicionam sobre as questões ambientais.

Existem 4 motivos que mais influenciam as empresas a fim de serem responsáveis ao meio ambiente: preservação ambiental, redução de custos, marketing e cumprimento de legislações. Conforme pesquisas mostram, mais de 85% das pequenas empresas já se comprometem com a sustentabilidade. Enquanto cerca de 55% já aplicam ações isoladas e 30% possuem ações planejadas.

Algumas das ações mais implantadas por essas empresas são: substituir lâmpadas incandescentes por econômicas de LED, separação de resíduos, práticas de economia de água e horários definidos para ligar e desligar equipamentos.

Como implantar sustentabilidade em sua empresa

Já que você possui maior noção sobre o que é sustentabilidade e como as empresas estão aderindo ao conceito cada vez mais, você já pode começar a implantar métodos sustentáveis em sua empresa, conheça algumas dicas de como:

Crie campanhas de estimulo de coleta seletiva dentro da empresa, fornecendo lixos separados para recicláveis e orgânicos em todas as áreas.

Reduza o uso de plásticos e descartáveis, incentive seus colaboradores a terem cada um o seu próprio copo ao invés de descartar um novo a cada parada para o cafézinho. Por exemplo, você pode presenteá-los com uma caneca personalizada da empresa para cada para motivá-los.

Utilize o Nanothermic 1 para revestir o ambiente de sua empresa. Dessa forma, você transforma a superfície em uma película protetora que ajuda a dissipar os raios solares, deixando de criar massas de calor e reduzindo a temperatura interna de seu ambiente. A cada 100 m² pintados com o N1 você deixa de emitir 10 toneladas de CO². E o melhor, nosso revestimento térmico, ajuda a diminuir expressivamente os seus custos com ar condicionado e outros sistemas de refrigeração.

Você pode adquirir o N1 acessando nossa loja virtual ou visitando nosso site para mais informações. Não esqueça também de nos seguir nas redes sociais e conferir nosso blog para mais conteúdos como este.

A importância da impermeabilização em sua obra

Mesmo que muitos não dêem sua devida importância, a impermeabilização é uma das etapas fundamentais de uma construção. Afinal, costuma representar apenas 3% do custo da obra enquanto mantém a estrutura seca e livre de infiltrações. Por outro lado, quando deixada de lado, os problemas causados por sua falta podem chegar em 15% do orçamento.

É muito fácil ficar confuso entre tanta opções de impermeabilizantes no mercado e tantas formas de aplicá-los. Pensando nisso, preparamos um guia rápido você.

Ambientes que necessitam impermeabilização

Imagina investir em uma linda cor em suas paredes novinhas e acabar vendo elas sendo danificadas pelo acúmulo de umidade? Por isso, é importante impermeabilizar todas suas paredes internas – principalmente próxima aos rodapés, onde possuem mais contato com umidade – no processo de sua obra.

Mais importante ainda que as paredes das áreas secas serem impermeabilizadas, é realizar a impermeabilização de ambientes que entram em contato com umidade frequentemente, como banheiros e cozinha. Estes tipos de ambiente, por estarem sempre em contato com água, acabam sendo danificados com mais facilidade, causando rachaduras, bolor e até mofo em sua estrutura.

Como impermeabilizar de forma simples e com melhor custo x benefício?

O Nanocril é a melhor opção para realizar a impermeabilização de seu ambiente se forma simples e rápida, ao mesmo tempo que possui o melhor custo x benefício do mercado.

O impermeabilizante acrílico tem sua fórmula a base de água com elastômeros de alta performance. Foi desenvolvido pela Nanotech do Brasil para substituir os métodos convencionais de impermeabilização que necessitam de reforço estrutural – tela ou véu -, como manta asfáltica e argamassas, por exemplo.

O produto se adapta a qualquer superfície aplicada, eliminando fissuras e trincas e oferecendo alta tensão a ruptura com resistência mecânica superior a outros produtos do mercado. Apenas um balde do Nanocril rende até 21m² e seca completamente em até 4 horas após sua aplicação.

Gostou dos benefícios de nosso produto? Adquira em nossa loja virtual ou visite nosso site para saber mais e entrar em contato. Não deixe de acessar nossas redes sociais e ficar de olho em nosso blog para mais conteúdos como este.

 

Alta temperatura no trabalho: como proteger seus colaboradores

A alta temperatura é um ponto que requer muita atenção das empresas que trabalham com máquinas quentes. Garantir a segurança de seus colaboradores é o cuidado principal quando se trata do assunto!

Para isso, existem normas e medidas que podem ser tomadas garantindo a segurança e o conforto de seus colaboradores. Afinal, não só a segurança, como a satisfação e motivação, é essencial para obter resultados.

Normas para alta temperatura no trabalho

Antes de tudo, existem algumas regras específicas para garantir o conforto do trabalhador enquanto lida com alta temperatura no trabalho.

Por exemplo, a NR 17, que exige que o trabalhador seja exposto a temperatura entre 20º e 23ºC, com circulação de ar mínima e umidade igual ou superior a 40%. Já a ISO 7730 define as vestimentas que o colaborador deve utilizar de acordo com sua função garantindo proteção básica.

Por isso, é essencial os colaboradores utilizarem todos os EPIs necessárias e possíveis, garantindo seu conforto e proteção, podendo assim, realizar sua função livre de riscos.

EPIs para alta temperatura no trabalho

Os EPIs – equipamentos de proteção individual – garantem a segurança do trabalhador enquanto realiza seu trabalho em ambientes de alta temperatura.

As principais e mais utilizadas para este tipo de trabalho são as vestimentas térmicas que isolam o corpo dos fatores externos, diminuindo o incômodo causado pela temperatura. Da mesma forma, luvas térmicas servem para garantir a proteção das mãos do trabalhador contra queimaduras e acidentes enquanto manuseia equipamentos de alta temperatura.

Já para a proteção do rosto são utilizadas máscaras de proteção facial que protegem contra respingos quentes que podem causar queimadura e também com o calor direcionado a face do colaborador. Assim como também, os óculos de proteção, úteis até mesmo enquanto já utiliza a máscara, garantindo a segurança dos olhos. E não se pode esquecer de respiradores com filtro que limpam o ar inalado pelo colaborador e evita que respire partículas nocivas.

Medidas para lidar com a alta temperatura no trabalho

Além de seguir todas as normas e utilizar os equipamentos necessários ainda existem outras medidas que podem facilitar os colaboradores a lidar com a alta temperatura no trabalho. Uma delas, é o Nanothermic 3.

Desenvolvido pela Nanotech do Brasil, o N3 é um isolante térmico de múltiplas camadas capaz de revestir a superfície quente de equipamentos para promover proteção pessoal. Seus efeitos ajudam a evitar queimaduras e ainda contribui com economia de energia, proporcionando diminuição de custos com manutenção de equipamentos. A melhor opção para manter os seus colaboradores protegidos e a sua produção com alta performance.

Você pode encontrar o N3 em nossa loja virtual ou visitando nosso site para saber mais. Não esqueça de acessar nossas redes sociais e acompanhar nosso blog para mais matérias como esta.

Dicas para ter uma empresa sustentável e lucrativa

Um dos maiores problemas descritos por empresários é que não é possível ter uma empresa sustentável e lucrativa. Muitas vezes tornar-se uma empresa ecologicamente correta é relacionado a custos elevados. Muitos questionam se é realmente viável focar na sustentabilidade e, principalmente, é possível ainda lucrar com uma empresa sustentável?

Para esclarecer dúvidas e ajudar no entendimento de como ter uma empresa sustentável e ainda lucrativa separamos estas dicas:

Analise os dados

Durante toda a existência da sociedade moderna os recursos naturais nunca pareceram preocupantes. Só se foi parar para avaliar o controle do processo de produção no final do último século. Hoje, a população mundial já está perto de 8 bilhões de pessoas. A produção industrial aumenta cada vez mais, enquanto o consumo de água, carne e grãos triplicou e o de combustíveis fósseis quadruplicou nos últimos anos.

Como consequência desse consumo desenfreado, o efeito estufa já aumentou 16% desde a revolução industrial. 11% de todas espécies de pássaros já estão em extinção, enquanto 25% dos mamíferos e 34% de todos peixes também seguiram o mesmo caminho.

Com essas informações acima já é visível o porquê da preocupação com a sobrevivência humana. Buscar meios de uso rentáveis e uma melhor qualidade de vida é essencial dada as circunstâncias.

Marketing Verde

Os países conhecidos como de “primeiro mundo”, já seguem medidas conscientes como na busca de produtos ecologicamente corretos. Esses produtos são aqueles que em seu processo de produção não poluem o ambiente e/ou são recicláveis. Estudos mostram que grande parte dos consumidores preferem por este tipo de produto, mesmo que custem mais caro.

Empresas que investem em sustentabilidade acabam tendo preferência dos consumidores na maioria dos casos. Sendo assim, o investimento acaba sendo recompensado com maior atenção dos clientes quando se mostra preocupação com o meio ambiente.

Investir em meios sustentáveis dentro da empresa e também em seus produtos e enfatizar isso para o público gera retorno não só ao meio ambiente mas também retorno financeiro com maior engajamento do público.

Achou este conteúdo interessante? Acesse nosso blog para mais conteúdos como este e fique de olho em nossas redes sociais para saber mais sobre nossa empresa.

Sustentabilidade em 2022

Sustentabilidade em 2022. Governo e empresas cada vez mais pressionados a contribuir com o meio ambiente. O que deveria ser uma preocupação voluntária de líderes e empreendedores, vem se tornando cada vez mais uma obrigação. Isso porque, consumidores e eleitores estão ficando cada vez mais exigente em relação a práticas sustentáveis.

Após a COP26 e a definição do Pacto de Glasgow no fim de 2021, criaram-se expectativas de um futuro melhor para o meio ambiente. Porém, já começamos o ano de 2022 com eventos climáticos extremos, como os desastres causados por chuvas intensas no sul da Bahia, por exemplo.

Esses eventos demonstram, cada vez mais, o real impacto da falta de ação e adaptação às mudanças climáticas. 2022 será o ano chave para tirar essas ações do papel e passar a implementá-las no mundo real.

São cinco os temas chave para vermos resultados reais: net zero e energia; adaptação e resiliência; economia circular; ecossistemas e recursos; e sustentabilidade social. Os países devem aumentar suas ambições para cumprir suas metas relacionadas a estes temas, segundo análise de especialistas.

Sustentabilidade 2022Não só governos federais, mas também grandes empresas estão mais pressionadas para aumentarem sua contribuição com meio ambiente e devem se esforçar para alcançar a meta de tornarem-se net zero até 2050. Um dos pontos principais para essa mudança é a criação do Conselho Internacional de Padrões de Sustentabilidade (ISSB, em inglês), que contribuirá no desenvolvimento de padrões que servirão como base global de informações sustentáveis. Seu objetivo principal é de combater o greenwashing praticado por grandes empresas.

O Egito já deixou claro que o foco para a próxima conferência climática – que será sediada no país – será o financiamento para adaptações climáticas. A melhor forma de adotar soluções de baixo carbono é a construção de economias circulares, focando no setor de plásticos.

As três áreas chaves da biodiversidade (terra, florestas e oceano) continuarão em evidência. Para o ambiente marinho, analistas acreditam que aquicultura sustentável e carbono azul serão os temas principais para contribuir na conservação de seus recursos.

O que mais preocupa analistas é a confiança que se pode ter em governos, imprensa e grandes corporações em relação ao tema. A cooperação e integridade entre todos estes setores será crucial para obtermos resultados no combate a crise climática.

Continue acompanhando o nosso blog e fique por dentro de todas as novidades e ações relacionadas a sustentabilidade.

O Lixo na Pandemia

Em mais de um ano de pandemia do covid-19 tivemos um aumento expressivo na quantidade de resíduos descartados. Descubra de onde vem esse lixo, os impactos que causa e como reduzir este consumo.Read More

As Olímpiadas Sustentáveis

Você, como diversos brasileiros, segue antenado nos acontecimentos das Olímpiadas de Tóquio 2020? Sabia que essas são as olímpiadas mais sustentáveis da história? Confira o texto completo que nós te explicamos o porquê.Read More

Economizando Energia no Inverno

Com a chegada do inverno e o reajuste de 11,4% na conta de luz feito pela Aneel, é preciso tomar cuidado com os gastos com a energia elétrica. Pensando em você, separamos estas dicas para te ajudar a economizar energia no inverno.Read More

Humanidade e as Mudanças Climáticas

No fim do último mês (junho/2021) foram registradas temperaturas extremas no hemisfério norte, com áreas no Canadá atingindo 50ºC – maior já registrada no país – causando morte de cerca de 500 pessoas e incêndios em florestas. Por outro lado, a cidade de São Paulo sofre com a chegada do inverno e registra noites mais frias em sua história, chegando em cerca de 6ºC. A que devemos atribuir temperaturas tão altas e tão baixas pelo planeta? Entenda no texto que preparamos para você.Read More